domingo, 21 de junho de 2009

Insanidade


Uma das definições de insanidade é fazer repetidamente a mesma coisa e esperar resultados diferentes.

Demasiadas vezes praticamos isso mesmo nos relacionamentos, nos empregos, enfim, em todas as facetas das nossas vidas.

Temos a grande capacidade de nos queixarmos, porem não entendemos que isso só trás miséria emocional, já a capacidade de se ser grato pelo que temos, pedir desculpa e dizer obrigado é um catalizador de felicidade.

Fiquem bem

5 comentários:

A Senhora disse...

Aconteceu de uma vez eu estar fazendo um bolo de cenoura. Eu ia colocar um pitadinha de canela em pó, mas sei lá porque, a tampa caiu na massa e foi um monte canela! Acabei assando assim mesmo.
Ficou uma delícia!
Nem tento fazer novamente o mesmo procedimento, porque seria insanidade, apesar de ter dado certo da primeira vez. Vou aos poucos, sempre errando para menos e alguém reclamando de alguma coisa.
A minha insanidade, no caso, é tentar melhorar uma determinada receita, errando sempre para chegar à uma suposta perfeição que pode não chegar jamais.

Pensando dessa forma, insanidade é permanecer casada com um mesmo homem depois de uma briga, sempre tentando melhorar o relacionamento onde as briguinhas jamais existam.

kkkkkkkkkkkkkkkk
O meu comentário foi maior que o seu post!

E, vai... no fundo está querendo dizer que todo otimista é um insano. O que, no fundo, no fundo, não deixa de ser uma verdade.

beijocas

Iara disse...

Mas é dificil agradecer porque a gente sempre quer mais e sempre espera mais.
Pedir desculpas ja é mais facil.
Perdoar aí já é divino.

Carteiro disse...

Pois sim, pois não eu sei que não tenho a eloquência dos antigos gregos, mas Dª Senhora, procurei e procurei, e juro (hehehe) que o que quis dizer no post foi que muitos de nós repete os mesmos erros repetidamente em diversas facetas da vida, errar, todos erramos, mas errar consecutivamente da mesma maneira, na mesma frequência, na mesma vibração é algo que não deveria acontecer!

Iara, quando dizemos obrigado e é sincero, estamos apenas a dizer obrigado ao presente, agora que o obrigado está a pensar em futuro, já não é um obrigado, é um quero mais!

Beijocas mininas

A Senhora disse...

Eu adooooooooooro fazer voce reler seu próprio post! :)))

E eu concordo com você! Mas não seria eu mesma se concordasse de primeira, né? :)

beijinhos

A Senhora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.