domingo, 26 de abril de 2009

Directrizes para o Ser Humano “Saint Germain?”


Você receberá um corpo físico.
Você pode amá-lo ou detestá-lo, mas ele será seu ao longo de toda a sua existência.

Você receberá lições.
Você estará matriculado na escola da vida em período integral.
Você terá oportunidades para aprender a cada dia que passa.
Você poderá usar estas oportunidades ou deixá-las passar simplesmente.
Não há erros, apenas lições.
O crescimento é resultado de um processo de tentativa e erro: uma experiência.
As experiências fracassadas são tão parte do processo tão importantes quanto as que funcionam.
Uma lição se repetirá até que tenha sido aprendida.
Esta lição será apresentada a você sob várias formas até que você a tenha aprendido.
Quando conseguir isso, poderá então passar para a próxima lição.
Aprender lições é um processo interminável.
Não há nenhum evento na vida que não contenha uma lição.
Se você está vivo, sempre haverá uma lição para aprender.

Lá não é melhor que aqui.
Quando o seu lá se transformar em aqui, você apenas estará obtendo outro lá que, mais uma vez, parecerá melhor que aqui.
Os outros são apenas espelhos da sua própria imagem.
Você não pode amar ou detestar alguma coisa em outra pessoa sem que isso reflicta alguma coisa que você ama ou detesta em si mesmo.
É você quem escolhe o que quer fazer da sua vida.
Você tem todas as ferramentas e recursos de que precisa.
O que faz com eles, é problema seu.
A escolha é sua.

As respostas estão dentro de você.
As respostas às questões da vida estão dentro de você.
Tudo que você tem a fazer é prestar atenção, ouvir, confiar e agir.

Fiquem bem

3 comentários:

A Senhora disse...

Algumas liçòes são bem difíceis... e eu sou bem teimosa... :)

Sou disse...

Olá,
Faz tudo muito sentido, pensar desse modo, não nos vitimiza, não nos acusa, responsabiliza-nos e consciencializa-nos. Mas pergunto-me, a quem interessará isto? Neste mar de gente manipulado com crucificação e sofrimento, um mar de gente boazinha servil, mansa por fora, e por dentro: “olho por olho, dente por dente” Como vai ser? O que se perde, como será perder o prazer da vingança? O prazer de de criticar, de dizer mal, de ter raiva, de competir, de odiar, ,... Às vezes pergunto-me, se um dia desaparecerem as vendas do bem e do mal exterior e se todos assumirmos que ele existe apenas dentro de nós, e que não existe ninguém para culpar, que não existe azar ou sorte, apenas acção e reacção, e escolhas conscientes e inconscientes, não desaparecerão as sociedades como as conhecemos? Não nos desmembramos de novo em tribos e o círculo não recomeçará de novo na ignorância? Não tem sido assim, um eterno recomeço?.

Abraços

iara-alencar disse...

Sim recebemos missoes, somos maus alunos e aprendemos de forma errada porque temos a capacidade de querer contrariar tudo.
"É você quem escolhe o que quer fazer da sua vida.
Você tem todas as ferramentas e recursos de que precisa.
"

Esse é o problema, há quem diga que escolher seja o maior problema de todos, porque toda escolha vem com consequencias.

IARA